Como ajudar

Como pode imaginar, com até 150 animais para cuidar e alimentar os custos são bastante altos, a cada mês gastamos cerca de 1200 € na alimentação, 1500 € em cuidados veterinários (esterilizações e tratamentos), para além das restantes despesas como o combustível, as rendas das lojas e outros cuidados adicionais com animais como as ferraduras, etc.

Como não recebemos qualquer apoio do governo, todas as nossas despesas são pagas através dos valores obtidos nas lojas de caridade e de donativos. Acabamos por conseguir o dinheiro graças ao trabalho voluntário das pessoas que colaboram nas nossas lojas de caridade, que contribuem com o seu tempo disponível e com a sua experiência.

As doações monetárias são muito bem-vindas, no entanto, se quiser ajudar, existem outras formas de o fazer, tais como:

– Ser voluntário. Se acha que poderia ocupar o seu tempo livre a ajudar o Refúgio, considere dar um pouco do seu tempo numa das nossas lojas de caridade.  É com as vendas nas lojas que o Refúgio sobrevive.

– Doar alimentos, como ração para cachorro, comida de gato, arroz, massas;

– Doar cobertores velhos ou toalhas;

– Doar objectos de animais como coleiras, trelas, casotas, escovas.

– Doar-nos quaisquer objectos que já não use, mas que estejam em boas condições, como roupa, móveis, livros ou utensílios domésticos.

– Apadrinhar um animal;

– Passear com os nosso animais nos dias em que se realizam os passeios.